PT:

Projetos ferroviários em ascensão por toda a Europa

Por toda a Europa, há projetos ferroviários a todo vapor. Desde o HS2, à rota de transporte planeada para o corredor escandinavo-mediterrânico que vai da Finlândia a Malta, surgem muitas oportunidades de investimento em infraestruturas fundamentais em todo o continente.

Northern Powerhouse

No Reino Unido, a rede ferroviária e subterrânea transporta em média 6,5 ​​milhões de pessoas por dia. Como a população do país deve aumentar na próxima década, existem planos para aumentar a capacidade e o acesso, e também para tornar a rede mais segura.

Com 20.000 milhas de carris para fazer manutenção e projetos como o HS2, Crossrail e os planos para a Northern Powerhouse no horizonte, o Secretário de Transportes do Reino Unido, Chris Grayling, comprometeu-se com 48 biliões de libras para o investimentos em ferrovias entre 2019 e 2024, com grande parte dessa quantia destinada à manutenção de vias, ao invés de obras adicionais.

rail projects in Europe

Implicações para os abrasivos...

Com tantos novos projetos em potencial para o setor ferroviário, bem como toda uma rede para manter, é vital que os clientes possuam as ferramentas adequadas para trabalhar com eficiência, a fim de conquistar uma fatia de novos negócios em oferta e cumprir os prazos propostos para a conclusão dos trabalhos. Tudo isto em paralelo com os projetos habituais de manutenção já em decurso.

Embora muitas vezes seja uma despesa subestimada, a escolha das ferramentas certas de corte e desbaste para projetos ferroviários pode ajudar a aumentar as margens de lucro aumentando a produtividade, economizando tempo e dinheiro. Quer seja através do desembolso inicial para os próprios produtos ou reduzindo as horas de mão-de-obra e os custos associados.

Neste artigo, vamos considerar os desafios enfrentados pelas empresas que trabalham na manutenção, operações e reparações na indústria ferroviária e como esses desafios podem ser superados.

Uma perspetiva económica

À medida que o investimento em infraestruturas cresce, novos projetos ferroviários estão a surgir a um bom ritmo. Como a maioria das economias europeias mostrou uma recuperação significativa após a crise económica global da década passada, está a tornar-se mais importante do que nunca ter uma rede ferroviária otimizada que possa galvanizar a atividade económica por todo o continente.

Seja para facilitar o transporte de mercadorias ou para permitir aos trabalhadores o acesso fácil aos locais onde são necessários.

Com aumentos dramáticos no tráfego automóvel, as principais estradas estão com dificuldades em dar resposta a tal demanda. A Highways England estima que o aumento do custo líquido de estradas e autoestradas em Inglaterra custa cerca de 2 biliões de libras esterlinas por ano, 25% das quais resultantes de incidentes.

Parece lógico, portanto, mover alguns desses passageiros e mercadorias para uma rede ferroviária extensa que poderia trazer benefícios económicos a toda a Europa.

Norton cutting disc for rail

Manutenção sempre sobre rodas

No entanto, tal como mencionado anteriormente, o trabalho não é apenas centrado em torno de novos projetos. A necessidade constante de operações de manutenção e reparação também está a aumentar. À medida que utilizamos com maior frequência as redes ferroviárias, aumenta a passagem dos comboios, o número de passageiros e a necessidade de manutenção só poderá aumentar de igual modo.

No entanto, as empresas de manutenção também têm de gerir significativas restrições de tempo nos seus horários de intervenção. No passado, a manutenção podia ser realizada quando a circulação ferroviária parava, entre as 00:00 e as 6:00, todas as noites.

No entanto, o aumento do transporte de cargas no período noturno, comboios de passageiros a funcionar até mais tarde e a começar mais cedo, e com a perspetiva real de um horário de 24 horas em breve no Reino Unido, as empresas de reparações ferroviárias têm menos tempo para realizar a manutenção essencial necessária para manter os comboios a funcionar.

Condições adversas

Quando se trata de construir novos carris ou de manter os carris existentes, o aço selecionado é mais puro e mais duro num esforço para lidar com o aumento do peso axial e tonelagem total. Tudo isto paralelamente às condições às quais os trilhos estão expostos - humidade, chuva, neve, calor...

No entanto, a dureza essencial do aço apresenta uma desvantagem: torna as operações de corte e desbaste cada vez mais difíceis e as ferramentas, portanto, têm de ser suficientemente poderosas para lidar com as exigências.

Se combinarmos restrições de tempo com aço resistente, condições de trabalho complicadas e maquinaria que nem sempre está à altura, torna-se fácil ver os desafios enfrentados pela indústria ferroviária.

É por isso que é vital que as empresas ferroviárias tenham acesso a ferramentas especializadas para corte e desbaste na construção e manutenção de ferrovias. Quando o dinheiro dos contribuintes está em jogo, a eficiência de tempo e de custos são bens muito procurados.

Os conhecimentos especializados da Norton sobre ferrovias

A Norton oferece uma gama completa de produtos projetados especificamente para o setor ferroviário, desde discos de corte de pequeno diâmetro até uma extensa linha de mós de desbaste.

O nosso mais recente disco de corte, Rail, foi formulado com a combinação exclusiva de grãos e ligas avançadas Norton Quantum3 para cortar qualquer tipo de trilho mais depressa, a direito e com menos vibrações do que qualquer produto concorrente no mercado. 

Com as soluções Norton, os técnicos podem concluir o trabalho com um alto grau de eficiência e cumprir os prazos apertados aos quais estão sujeitos. 

O desbaste dos carris é outra aplicação importante na preservação e reparação de caris de comboios, elétricos e metro.

NQ3-Rail-Angle

As mós planas e tipo tacho da Norton cobrem uma ampla gama de necessidades de desbaste, oferecendo soluções de desempenho para as máquinas portáteis e as montadas nos carris, permitindo que os técnicos aumentem a produtividade e façam o desbaste com rapidez e segurança.

Inovamos constantemente para oferecer as melhores soluções para este importante mercado, procurando aumentar a eficiência, a velocidade e a vida útil dos discos, ajudando os técnicos quando trabalham nas condições mais difíceis.

Quando trabalham a meio da noite, em condições meteorológicas adversas, os trabalhadores precisam de soluções em que possam confiar para trabalhar de forma eficaz e eficiente, soluções essas que nos esforçamos para oferecer.

Para mais informações

Se estiver interessado em saber mais sobre as soluções específicas para carris que a Norton Abrasives pode fornecer, entre em contacto com nossos especialistas usando o formulário de contacto por e-mail. Como alternativa, entre em contato hoje mesmo com o seu representante Norton.